Tópico de Fichas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tópico de Fichas

Mensagem por Thiago Ferris em Seg Abr 27, 2015 3:54 pm




Postem suas fichas terminadas aqui
avatar
Thiago Ferris
Narrador
Narrador

Mensagens : 163
Data de inscrição : 10/03/2015
Idade : 29

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Fichas

Mensagem por nimrodel em Seg Abr 27, 2015 4:58 pm

 
Aparência do Personagem:


Nome: Riszczek “Ricke” Martinus
Kit: Contrabandista
Mundo: Moretz
Pontos: 5
Dinheiro: 840

F0, H2, R1, A0, PdF1; PV5, PH5
Exp:


Poderes de Kit:
Bala nas Costas: Seu ataque inicial em um combate é sempre acerto crítico automático.
Retirada Estratégica: Para você, fugir não é considerado uma derrota.


Vantagens:
Perícia: Crime (2 pt)
Aliado Gigante (2 pt)
Aliado (0 pt) *kit
Vantagem Regional [Moretz] (1 pt): Armadura Extra (químico); +2 em testes de iniciativa; Quando luta em um Aliado Gigante, você soma uma segunda rolagem de dados à sua FA ou FD totais.

Desvantagens:
Implantes Visíveis (-1 pt)
Má Fama (-1 pt)
Maldição (-2 pt) [Os implantes dão defeitos quando sou atingido por dano elétrico]

Robô Gigante: (Irregular Comum, modificado)
http://i.imgur.com/UF1HDN8.jpg
F2 (energia), H0, R2, A1, PdF1 (elétrico); PV10, PH10
V: Mecha; Ataque Especial (F); Sentidos Especiais (Radar); Voo.
D: Assombrado (falhas mecânicas); Bateria.

Aliado: Meatloaf
Aparência: Muito alto e musculoso, bigode grosso, bandana na cabeça.
F2, H0, R2, A0, PdF0; PV10, PH10

História: Versão resumida - Filho único de família pobre de Trianon, teve seus pais assassinados e tomou toda a culpa, havia sido incriminado pelo real mandante do crime. Ganhou uma má fama por isso e foi exilado do planeta. Partindo assim para Moretz, onde cresceu e se tornou um contrabandista. Em um de seus serviços, foi emboscado, perdendo alguns membros e tecidos do corpo, tendo que trocá-los por implantes e placas. Desde então passou o restante dos seus anos sem nenhum problema muito grave, viveu boa parte deles em amores com uma jovem pirata, que sumiu sem explicações. E então chegamos ao dia de hoje...

Versão completa:
Riszczek, ou Ricke - como era chamado por seus pais - foi um garoto, filho único, de um casal de músicos do planeta Trianon. Por ser habilidoso desde criança, teve seu futuro planejado por seus pais para ser um Oficial Hussardo da BLE e conseguir uma boa estabilidade financeira, Ricke nunca contestou a ideia, pois sentia a necessidade de ajudar seus pais, que não se encontravam na melhor das situações, e também sempre admirou esse mundo dos robôs gigantes, brincava com seus amigos de BLE vs Proscritos e tinha uma coleção de bonecos Hussardos.
Mas nem tudo aconteceu como fora planejado. Ao final de uma apresentação musical num banquete para a Alta Nobreza de Trianon, os pais de Ricke demoraram mais do que deveriam a guardar seus instrumentos e partirem, eles estavam esperando o pagamento, dependiam dele para comprar alimentos para os próximos dias, tinham combinado com o Duque de que receberiam após a festa. O pai estava impaciente, tinha sido um ladrão em sua juventude, e seus muitos anos de prisão lhe custaram um pouco de sua sanidade mental, estava meio paranóico com a situação, já estava a acreditar que ninguém pretendia paga-lo.
Foi a procura do Duque sem o conhecimento de sua esposa, tinha medo de não ter o que dar de comer a seu filho, e acreditava que sairia dali com seu dinheiro nem que fosse a base do furto, barrado pelos guardas se viu obrigado a utilizar suas antigas habilidades furtivas. Em sua busca, o pai acabou encontrando não o Duque, mas o Visconde Rochabarth numa conversa muito suspeita com mais 3 homens, era um certo esquema de corrupção, o pai se escondeu e tentou ouvir o máximo que pôde - que não foi muito - e então fugiu dali com pressa, porém mal sabia que tinha sido avistado.
No caminho - já junto de sua esposa - esbarrou com o Duque, que se desculpou pela demora e fez o pagamento, mas ele estava tão inquieto que nem sequer pegou o dinheiro, sua esposa que estava mais tranquila recebeu por ele e então o acompanhou para casa, onde escutou tudo que o marido tinha a dizer sobre o acontecido, enquanto Ricke escutava toda a conversa de um local escondido que ele usava para brincar.
Na noite daquele mesmo dia o pior aconteceu, sua casa foi invadida por pessoas mascaradas, e em menos de 2 minutos seus pais foram friamente assassinados, como se tudo tivesse sido planejado, Ricke se escondeu em baixo da cama e apenas ficou paralizado, o terror foi tanto que nem chorar passava pela sua cabeça naquele momento. Foi forte o suficiente para não ter traumas daquela noite, mas nada parava por aí, todas as provas indicavam que ele havia assassinado os pais, havia sido claramente incriminado pelos assassinos e seus mandantes.
De inicio, todos acharam um absurdo - “É apenas uma criança! Não podem fazer isso com ele” - eles diziam, então a mídia caiu em cima do garoto o incriminando também, criando uma Má Fama e virando boa parte dos populares contra ele, com exceção de uma minoria menos alienada que protestava pela inocência da criança, essa minoria foi suficiente para conscientizar os juízes de que o caso era de um certo modo nebuloso e as provas não davam 100% de certeza, livrando o garoto da pena de morte e apenas o exilando sem comida e nenhum pertence. Resolveram que “viver” seria sua pena, e todos acreditavam que ele não passasse de um mês de vida sob essas condições e sua pouca idade, uma pena de morte disfarçada.

No planeta Moretz encontrou seu novo “lar” e um difícil período de adaptação e sobrevivencia, as coisas melhoraram quando resolveu ganhar dinheiro ajudando contrabandistas e piratas em serviços mais leves. A cada ano que ia envelhecendo percebia mais que era bom naquele serviço sujo, cada vez o levando mais e mais a sério ao ponto de comprar sua própria nave. Gerou bons lucros, o negócio próprio estava indo bem, carregava mercadorias ilegais de todos os tipos entre o Fio e a Ponta, as vezes até imigrantes para o Cabo, foi ganhando nome naquilo - eventualmente aumentando sua má fama - contratando até uma espécie de escudeiro para ser seu co-piloto e Aliado, muitas vezes servindo mais como guarda-costas, pelo grande porte do rapaz. Uma segunda nave foi comprada para atender mais das ilegais demandas, essa ficava a cargo de Meatloaf, seu aliado.
Mas a concorrência estava descontente, o Staraptor - como gostava de ser chamado - perdia todos seus clientes para Ricke, que fazia um serviço melhor. Staraptor então contratou alguns piratas e juntos armaram uma emboscada no meio do espaço.
Num campo de asteróides apareceram de surpresa e dispararam contra Ricke de suas naves, esse que conseguiu pedir um sinal de socorro e arrastar-se para uma camara de segurança antes de ter uns de seus membros e outras partes do corpo quase mutiladas pelos escombros. Antes que o bando terminasse o covarde serviço, a Marinha Estelar apareceu matando alguns dos piratas e expulsando o resto, enquanto os marinheiros lutavam, Meatloaf também havia chegado sorrateiramente, encontrou Ricke a beira da morte e tirou ele de lá rapidamente. Não havia carga ilegal naquele dia e seus rostos não eram conhecidos pelas autoridades, mas Meatloaf não queria arriscar, levou Ricke para uma estação médica espacial clandestina e pagou pelo tratamento com sua nave - Os médicos clandestinos tinham feito uma grande chantagem visto que sem tratamento imediato o garoto morreria. O salvaram da morte e substituíram suas partes mutiladas por Implantes Visíveis mecânicos, não eram dos melhores, ao contato com eletricidade seus implantes davam bastante defeitos, isso viria a ser quase uma Maldição futuramente.

Sem naves e sabendo que Staraptor poderia querer terminar o serviço, passaram um tempo se escondendo em Villaverde. Meatloaf disse que não dividiria mais o trabalho pois não sairia do lado do seu chefe e sugeriu que ele tivesse um robô gigante para sua segurança, ou melhor, um Aliado Gigante. Ricke concordava, lembrava de seus tempos de criança quando era fascinado por aqueles robôs, então pegou todo o resto de sua mercadoria - menos aquilo para necessidades básicas - e começou a construir um mecha do zero, parte por parte. Lá estava seu robô, saído do forno. Dava muitos defeitos e tinha que recarregar de tempo em tempo, mas era bem estiloso e serviria para seus propósitos.

De volta a Moretz, passou a coletar informações e observar Staraptor, que estava muito bem, seus serviços haviam quadruplicado, pretendia até dar uma festa de comemoração com seus tripulantes. No dia da festa, Ricke invadiu a nave - não foi o trabalho mais difícil do mundo, a nave era básica, e ele era perito naquilo - e então envenenou as bebidas.
Durante a festa em meio a toda aquela bebedeira, os sinais do veneno começaram a aparecer, os primeiros capangas foram caindo ao chão morrendo asfixiados, os outros aterrorizados tentam ajudar, mas aos poucos vão caindo e morrendo também, até que sobra apenas um, o chefe Staraptor, que não bebia.

- Achou que ia me matar assim?! - Gritou Staraptor.

Mas Ricke sabia desse detalhe da sobriedade, e lá estava Meatloaf na sala do assustado Staraptor.

- Não, não achava. - Diz Meatloaf enquanto aperta os punhos.

Staraptor, mais assustado ainda, corre para fora da nave, dando de cara com Ricke dentro de seu robô gigante. - Piedade, por favor. Piedade! Por que está fazendo isso comigo?! - Gritava Staraptor em tom de desespero, caindo de joelhos ao chão.

- Piedade? Minha piedade está sendo não te pisotear -  Diz enquanto aponta o punho do robô para ele, aparentemente carregando um disparo elétrico.

- Ao menos duele comigo, lute comigo cara a cara! - Staraptor nunca foi dessa honraria de duelos, mas queria qualquer oportunidade para escapar.

O cockpit do robô se abre, e então desce Ricke, com uma pistola a mão. - Cara a cara você diz. - Falava enquanto levanta a mão da arma lentamente apontando para a cabeça do seu alvo.

- V... Vo-Você? Ah, seu mer… - Antes de terminar a falar, Ricke dispara um tiro certeiro em sua testa. Estava morto Staraptor.

Ricke e Meatloaf jogam os corpos na superfície tóxica de Moretz, e então tomam posse da nave. Tiveram sua vingança, e a acharam bem plena. Mas uma ainda faltava. Ricke nunca havia esquecido o nome daquele Visconde.

Com uma nave de transporte nova, os negócios voltaram. Anos se passaram, Ricke até viveu amores com uma jovem pirata - que desapareceu sem dar vestígios - e fez implementos em seu robô. Tudo até agora estava indo bem, mas o futuro aguarda os jovens contrabandistas...


Última edição por nimrodel em Sex Maio 08, 2015 9:10 pm, editado 2 vez(es)
avatar
nimrodel
Jogador
Jogador

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Fichas

Mensagem por Heilel em Seg Abr 27, 2015 7:16 pm

Viktor e seu Hussardo:


PS: Créditos a Sivanore pelo desenho do personagem

Nome: Viktor Grigorii Mitchkin
Mundo: Arkadi
Pontos: 5
Dinheiro: $1,810

Força: 0
Habilidade: 2 (2 pt)
Resistência: 1 (1 pt)
Armadura: 0
Poder de Fogo: 0

Pontos de Vida: 5
Pontos Heróicos: 5
Pontos de Experiência: -

Kits de Personagem: -

Vantagens & Desvantagens:
Nobre [Destitulado -1, Aliado Gigante +1] (1 pt)
Afilhado (1 pt)
Apenas a Frio [Hussardo] (-1 pt)
Código da Redenção (-1 pt)
Código da Honestidade (-1 pt)

Perícias:
Sobrevivência [vantagem regional] (0 pt)

História:
Viktor Grigorii nasceu como um membro da alta nobreza, filho único de um poderoso Duque da Casa Mitchkin em Arkadi. Quando mais velho, seus traços evo se fizeram evidentes nos cabelos arroxeados e olhos vermelhos que possuía, o que foi um escândalo na época e colocou em questão a sua legitimidade. Seu pai, profundamente desconfiado de que sua cônjuge o tivesse traído e conspurcado a linhagem, solicitou um teste de DNA.

Viktor embora fosse uma criança de 9 anos, tinha plena consciência do que acontecia e pediu para que o teste não fosse feito, em troca renunciou à sua herança por livre e espontânea vontade, pois mesmo que fosse um bastardo preferiria viver com essa dúvida a conhecer a verdade. Seu pai concordara com isto, afinal ele já tinha plena certeza de que o filho não o pertencia, no entanto se apegou ao garoto e resolveu apadrinhá-lo, mesmo não sendo sangue do seu sangue o garoto receberia uma boa educação e outros privilégios restritos à nobreza.

Viktor foi capaz de compreender a posição de seu "pai" (agora padrinho) e nunca se amargurou pelas atitudes que o mesmo tomou, todavia desenvolveu um rancor profundo para com sua mãe, de quem se desvencilhou e cortou qualquer laço que algum dia já teve.

No 14º dia de seu nome, Viktor recebeu um presente inesperado de seu pai, um mecha construído e desenvolvido especialmente para ele, este era uma máquina esguia porém com alto potencial de combate, um modelo "manthis", assim fora apelidado pelo seu desenvolvedor. Viktor, que até o momento só havia sido instruído no manejo do sabre, agora aprenderia a pilotar um hussardo, o sonho de qualquer adolescente cheio de hormõnios.

Hoje em dia Viktor (com 19 anos) trabalha como cinegrafista freelancer, geralmente acompanha oficiais da Brigada Ligeira Estelar em seu dia a dia e filma seus atos heróicos, ocasionalmente oferecendo uma mãozinha quando as coisas dão errado e fazendo com que dêem certo. As imagens são vendidas a uma emissora de TV e transmitidas às massas, o que implica diretamente em um aumento de popularidade e aceitação para a Brigada por parte da população da Aliança, devido a isso, Viktor é bem quisto entre os oficiais de patente superior na BLE, e até mesmo incentivado e apoiado em seu trabalho.

Viktor é um rapaz reservado, atua com tranquilidade excepcional - ou quase -, sempre carrega uma filmadora consigo, e no pescoço um pingente com um pendrive, cujo conteúdo nunca é revelado aos demais, mas parece estar relacionado ao seu trabalho. Enquanto muitos investem em hardware, Viktor opta por aperfeiçoar seu hussardo em software, contrariando a natureza do mesmo evita envolvê-lo em confrontos, ao invés preferindo usá-lo para invadir sistemas de mechas alheios e controlá-los remotamente, de modo que lutem por ele. Ou seja, além de cinegrafista, também é um hacker talentoso.

Manthis R-74
Hussardo da Nobreza(13S)
F2 (energia), H0, R2, A3, PdF1 (perfuração); 10 PVs, 10 PHs.
Mecha, Aceleração, Adaptador, Ataque Espec al (Força), Sentidos Especiais (infravisão, radar, visão aguçada), Voo.
Bateria.
Implementos: Marionete (2 pt) e Paralisia (1 pt)


Última edição por Heilel em Seg Abr 27, 2015 8:24 pm, editado 2 vez(es)

_________________
Chega um tempo em que a operação da máquina torna-se tão odiosa, faz tão mal ao coração, que você não pode fazer parte disso. É impossível pensar em fazer parte disso. Então, é preciso jogar seus corpos contra as engrenagens, contra os mecanismos, contra as manivelas, contra todo o aparato. E é preciso fazê-lo parar.
Mario Savio

avatar
Heilel
Moderador
Moderador

Mensagens : 501
Data de inscrição : 08/03/2015
Idade : 22
Localização : Dentro de você.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Fichas

Mensagem por Vagner Roberto em Seg Abr 27, 2015 7:58 pm

Beleza, vou tentar! Acredito que será uma nova e interessante experiencia para mim.

Meu personagem está abaixo. Ele é um quebra-galho. Afinal ALGUEM vai ter que consertar os robos por aqui. Vou segurar a escolha do Kit para a campanha!

Nome: Hermet Lock
Atributos
Força: 0
Habilidade: 3
Resistência 2
Armadura: 0
Poder de Fogo: 0
PVs: 10
PHs:10
Dinheiro: 300

Vantagens
Nativo de: Tarso
Mecânico nato: Perícia Máquinas(1), testes sempre fáceis.

Desvantagens
Codigo dos Cavalheiros(1)

Frase: “Se quebrou, eu conserto!”

Histórico:
De família humilde, Hermet sempre trabalhou com maquinário, pois seu pai era mecânico. Começando de baixo como faxineiro em uma Faculdade de Engenharia, trabalha como auxiliar de projetos há um ano. Seu jeito extrovertido, aliado a sua competência podem leva-lo a alcançar visibilidade o suficiente para tocar o projeto da construção de seu próprio mech.
avatar
Vagner Roberto
Jogador
Jogador

Mensagens : 44
Data de inscrição : 21/04/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Fichas

Mensagem por Sivanore em Ter Abr 28, 2015 1:58 pm

Aparência:


Nome: Amabel Pujol
Mundo: Forte Martim
Pontos: 5
Dinheiro: 610

Pontos de vida: 5 / Pontos Heroicos: 5


Força: 1
Habilidade: 1 *
Resistência: 1
Armadura: 0
Poder de fogo: 0

Perícias:
- Manipulação ( Lábia & Intimidação ) (Você recebe as especializações Lábia e Intimidação (de Manipulação). Além disso, seus testes nestas áreas diminuem em um grau sua dificuldade (testes Difíceis se tornam Médios, e testes Médios se tornam Fáceis)) [regional]

Vantagens:
- Patrono (Brigada Ligeira Estelar) [1]*
- Torcida [1]*
- Técnica de Luta ( 1 ) [desarmar / reprise]

Desvantagens:
- Código de Honra da Brigada Ligeira Estelar [- 1]*
- Insano (Obsessivo – pelo homem amado) [-1]
-Fantasia [-1]

Kits de Personagem:
Oficial Hussardo da Brigada Ligeira Estelar

Implementos: Armadura Elétrica (1) Desvio de Disparos (1)

História:
Filha única de um casal que trabalhava nas terras de um latifúndio cujo nobre se opunha aos ideais colocados pela família regente. Porém, seus pais eram admiradores tanto da princesa quando de seu pai, que a antecedera, devido às políticas de apoio aos trabalhadores. Talvez por esse motivo ambos foram capturados e presos, deixando a jovem Amabel, até então com 8 anos de idade, sozinha. Ela fazia o possível para sobreviver, mas era complicado trabalhar quando se era quase tão “pesada” quando as próprias ferramentas de trabalho.

O seu fio de esperança foi quando um jovem uns bons dez anos mais velho, parente de alguma família nobre de outro latifúndio, passara por ela enquanto estava a caminho para uma visita matrimonial. Ele lhe havia oferecido a mão para que ela se erguesse depois de tropeçar em um monte de terra, enquanto lhe mostrava um sorriso gentil. Desde então, aquele homem tornara-se o mais gentil, maravilhoso e perfeito aos olhos e Amabel, e ela decidira que iria casar-se com ele, muito embora isso fosse praticamente impossível.

Ela entrou na Brigada Ligeira Estelar pouco depois de completar 13 anos, numa tentativa de aproximar-se novamente de seu amado, ou, pelo menos, ser reconhecida por ele.

Aos poucos, o amor tornou-se obsessão, ela passou a acreditar que ele também a amava, e que, de fato, eram noivos. A jovem mantém um diário, onde escreve suas fantasias sobre os dias maravilhosos que passa com ele e sobre como os dois se amam  - ainda que esses dias nunca tenham acontecido.



*Comprados a partir das exigências do kit de Oficial Hussardo da Brigada Ligeira Estelar
avatar
Sivanore
Jogador
Jogador

Mensagens : 22
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Tópico de Fichas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum