Prologo [Allan Weyder]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por Bastet em Sab Mar 28, 2015 10:13 pm

_Capitulo 1. Sobrevivência...


____________________________________________________________________________
(Gas Station STAGLA)
Allan e sua parceira já estavam a dias fugindo, e perceberam que não era fácil escapar da corporação Umbrella, aquilo tudo era um suicídio, Allan deveria ter pensado nisso quando traiu a Corporação e quebrou seu contrato com a Umbrella. Ambos já escaparam diversas vezes da morte boa parte, pelas habilidades de Allan. Em mais uma de suas fugas Allan roubara um carro esportivo, percorreu boa parte das ruelas da cidade até por um golpe de azar ter de parar em um posto para abastecer e pegar algo para comer. Mia por sua vez ficou no carro a espera-lo, sem cerimonias ele abastecia o carro e seguia para a loja, passou pela porta dupla de vido na intenção de pagar pela gasolina, quando colocou a mão no bolso para pegar o dinheiro escutou um barulho de algo se chocando a um dos pilares do posto, quando viu percebeu que o carro que havia roubado teria sofrido uma batida violenta de um caminhão junto a ambos a gasolina de uma das bombas do posto jorrava, a espera de uma explosão já anunciada.
CODED BY: IG de SA

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por O RPGISTA em Qui Abr 02, 2015 10:41 am


A música tocava alta no som do carro roubado, Weyder fumava um cigarro que encontrou no porta malas enquanto dirigia pela estrada com uma das mãos, começou seu cavanhaque e olhou para o lado, lá estava Mia, nunca acreditou que poderia se sentir tão bem ao lado de uma mulher tão nova, ela possuía uma coragem, rebeldia e maturidade difícil de se ver nas mulheres da idade de Weyder, pelo menos as suas experiências amorosas desastrosas diziam isso
A estrada estava escura e aparentemente vazia, o estomago de Allan já indicava que estava a muito tempo em jejum e precisava se alimentar, observou uma placa que indicava um posto de gasolina a alguns metros dali, ao avista-lo diminui a velocidade e estacionou ao lado do lado de uma das bombas desceu do carro e foi até a bomba abastecendo enquanto olhava para Mia e pisco com um dos olhos para ela, foi até a janela e se curvou lhe roubando um beijo.

-Da uma olhada na bomba eu vou lá dentro pagar e pegar alguma coisa para a gente comer.

Allan se ergueu e caminhou em direção a loja de conveniências, a música soava alto e o engenheiro dançava enquanto caminhava cantando a música junto e imitava o guitarrista do AC/DC entre os corredores da loja no momento do refrão.

-I'm on the highway to hell on the highway to hell.

Pegou tudo o que queria e foi até o caixa, olhou para o atendente e continuou cantando e sorriu para ele colocando algumas latas de cerveja um maço de cigarros, Doritos e algumas barras de cereal para a Mia, após receber o valor procurou a por algumas notas de dinheiro amassadas no seu bolso quando seu sexto sentido o fez olhar através da vitrine e viu o momento exato que um caminhão atingia o carro onde Mia estava.
Sem pensar correu na direção do carro, não podia perder tempo, o risco de explosão era eminente, não se preocupou se morreria junto com ela seu pensamento era tira-la de lá o mais rápido possível.
avatar
O RPGISTA
Administrador
Administrador

Mensagens : 231
Data de inscrição : 20/02/2015
Idade : 30
Localização : Hellcife

http://orpgista.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por Bastet em Dom Abr 05, 2015 5:56 pm

_Capitulo 1. Sobrevivência...


____________________________________________________________________________
(Gas Station STAGLA)
Allan parecia contente com a situação em que se encontrava, tudo bem estar ao lado de uma jovem, afinal ele era um velho que tirou a sorte grande mesmo fugindo da Umbrella ele parecia estar muito bem consigo mesmo.
Quando entrou na loja cantarolando, foi só para no final ver sua companheira quase morrer em um acidente bem a sua frente quando ele se moveu para ajuda-la, ao longe viu o caminhoneiro cambaleando e muito machucado abrindo a porta e logo cair de cara no chão. Junto a essa cena o caminhão explodia, dentro da loja o vidro estourava para cima de Allan e com a pressão da explosão o jogava para cima de uma das prateleiras do lugar deitado  em meio a salgadinhos, machucado Allan via apenas os destroços do  esportivo e partes do caminhão em chamas, sabia ele que teria de sair daquele lugar o quanto antes logo o fogo tomaria conta do Posto por completo ocasionando outra explosão, por trás do balcão Allan via uma poça de sangue certamente o atendente havia morrido, agora ele teria de pensar no que deveria fazer tentar procurar sua parceira ou apenas salvar sua vida.

Mia (Desaparecida) não vou descrever aqui a cena dela pq tu podes querer adivinhar o que aconteceu com ela e isso perde a graça...
CODED BY: IG de SA

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por O RPGISTA em Seg Abr 13, 2015 5:54 pm

Allan olhava atônito aquela cena, seu coração parou por alguns segundos, seus passos eram lentos como se andasse em câmera lenta, deixou a lixa de conveniências, pisava nos cacos de vidro, sua mente tão fabulosa já não trabalhava, ele não ligou para o que fosse acontecer com ele, caminhou rápido, seu coração acelerou, agora suas pernas lhe impulsionavam em direção ao carro, havia risco, poderia morrer ali, mas amava Mia e não a deixaria morrer daquela forma e se fosse para morrer queria morrer junto com ela pois ela foi um sopro da vida para ele, ele estava pronto para se despedir.
avatar
O RPGISTA
Administrador
Administrador

Mensagens : 231
Data de inscrição : 20/02/2015
Idade : 30
Localização : Hellcife

http://orpgista.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por Bastet em Qui Abr 16, 2015 6:15 am

Allan corria em direção ao acidente não estava raciocinando direto, tomou uma atitude suicida chegando em cima dos destroços do carro onde possivelmente Mia estava, percebia que não tinha mais ninguém ali, a sua frente só o corpo machucado do caminhoneiro que ainda se sacudia de forma estranha ao chão.

Do outro lado da rua estava Mia um pouco ferida ela tinha conseguido sair do carro minutos antes do acidente estava agora no lado direito da rua não conseguia chegar até Allan devido ao caminhão e boa parte da estrutura do posto estar barrando sua passagem, ela teria e fazer a volta pelo posto para encontrar Allan que também teria de fazer a volta pelo posto, no momento ela só tentava encontrar seu celular para avisar seu companheiro, que estava viva e bem por enquanto.

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por O RPGISTA em Dom Abr 19, 2015 9:57 am

Allan não tinha muito tempo, colocou a mão dentro do carro e puxou sua mochila enquanto corria o máximo que podia para longe dos carros, enquanto corria gritava para Mia sair dali.-Mia por aqui, corre.-Ele sabia o quanto Mia era rápida,aquilo foi um milagre, mas ainda era arriscado ficar próximo ao posto de gasolina, correu para o meio da estrada esperando as sua mada, olhou para trás , não podia ligar pra o bombeiro, alguém poderia lhe rastrear até ali.
avatar
O RPGISTA
Administrador
Administrador

Mensagens : 231
Data de inscrição : 20/02/2015
Idade : 30
Localização : Hellcife

http://orpgista.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por Bastet em Qua Abr 22, 2015 6:09 pm

Allan conseguia pegar  sua mochila em meio aos destroços do carro se afastou o máximo que pode chamando por Mia que o respondia aos berros do outro lado do local do acidente, ele por sua vez avisou a jovem onde deveriam se encontrar e ela imediatamente seguiu a seu encontro. Ambos por milagre não eram pegos pela explosão do posto, ao longe três soldados da Umbrella estavam patrulhando as ruas a procura de mais infectados estavam correndo contra o tempo, pelos comunicadores já sabiam os pontos mais graves onde a epidemia se alastrou,  seguiam pela mesma rua que o casal estavam a umas três quadras afastados do mesmo.

Allan percebia o trio de soldados da Umbrela ao longe, e tinha de sair do meio da rua o quanto antes ele só tinha dois caminhos a seguir um a direita e outro a esquerda e por sorte ou não, sem saber o motivo a rua estava com pouco transito as poucas pessoas que via estavam andando de forma desengonçada e desorientadas no jardim, na calçada entre os carros parados, algo estava acontecendo naquela cidade e Allan não deveria ficar parado ali para descobrir da pior maneira, algumas casas estavam fechadas outras estranhamente abandonadas, bom essa era a sensação que passava a quem as visse.

OFF: Cuidado com os Soldados , Zumbi, Rua interditada, Cachorro Zumbi, Papagaio Zumbi, pode entrar em alguma casa, pode se matar, pode gritar e chorar, pode explodir um carro ou casa. Na próxima rodada o jogo vai realmente começar, vou detalhar mais os lugares e onde conseguir as coisas.

OFF²:Caso ache que não vai conseguir andar na rua e enfrentar o pessoal, tu me avisa no tópico off ou Mp. Tu vai jogar com algumas manhas habilitadas quer tiro infinito e energia infinita, matar Zumbi com um tiro também?

Beijinho...

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Prologo [Allan Weyder]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum