HERANÇA MALDITA

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Bastet em Qui Maio 07, 2015 1:21 pm

Se vendo em uma situação dificil em combate e toda hora sendo agredido com óleos o Arqueiro simplesmente sai em disparada para dentro da floresta. Kiss planejava incendiar o infeliz ma antes continuou jogando seus óleos no arqueiro que apenas tentava fugir, Bassad correu até o cinto de poções que estava ao chão, pegando o mesmo ela seguiu para ajudar o seu amigo urso que estava até o momento dormindo.

Outono parecia estar bem furioso comia as tripas do finado arqueiro sem se preocupar com a reação dos companheiros da sua dona que também estava deitada na grama. O único ruido até aquele momento era feito pelo bando em sua batalha em frente a casa, fora isso tudo parecia normal, normal até demais, mesmo com a gritaria e explosões nenhum barulho vinha da mansão em resposta ao que estava acontecendo do lado de fora.

OFF:
Arqueiro A (Morto)
Arqueiro C (Morto)
Arqueiro D (Morto)
Arqueiro E 37/28 ( 12)
Iniciativa:
Kiss
Arqueiros E
Trent
Lisianthus (dormindo)
Bassad
Outono
Tedd (Dormindo)
OFF: Ataque oportunidade Kss, Tedd já começa a jogar na próxima rodada, falta Heilel acordar no mais é só isso.

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qui Maio 07, 2015 2:38 pm

Kss vê desapontado o inimigo tentar fugir, poi queria finalizar a luta ali mesmo. Porém, sem desistir, ele lhe lança o último frasco de óleo, mas que o erra por um triz, partindo-se inutilmente no solo. Sem outra alternativa, O guerreiro passa a frente do arqueiro fujão, graças ao seu deslocamento, dizendo-lhe, na mesma língua em que seus falecidos companheiros tinham usado, (o draconiano) ameaçadoramente com o esqueiro na mão:

"Renda-te agora, ou ateio fogo em ti, ser covarde!"
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Princesa Trapo em Qui Maio 07, 2015 4:47 pm

Bassad continuou avançando até que alcançou o urso que dormia, e usa o antidoto que estava entre a as poções que Kss jogara para ela nele, para que pudesse acordá-lo.
avatar
Princesa Trapo
Jogador
Jogador

Mensagens : 33
Data de inscrição : 03/05/2015
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por O RPGISTA em Sex Maio 08, 2015 8:57 am

Bearur abre os olhos lentamente após receber o antidoto, com um reflexo rápido empurra Bassad com sua pata e urra enquanto cambaleava olhando em volta e farejando a procura do inimigo, o Urso olha em volta e urra novamente encarando Bassad e olhando para floresta corre em fúria na direção do arqueiro que fugira caso o alcançasse iria prende-lo usando suas patas fortes e seu peso devido ao tamanho.

[off]Deslocamento total da corrida: 46,5m
avatar
O RPGISTA
Administrador
Administrador

Mensagens : 231
Data de inscrição : 20/02/2015
Idade : 30
Localização : Hellcife

http://orpgista.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Bastet em Sab Maio 09, 2015 12:27 pm

Kss corria de encontro ao Arqueiro que fugia desesperado, o mesmo não deu muita importância para as ameaças do Alquimista, quando viu em suas mãos um objeto pronto para queima-lo não pensou duas vezes seguiu novamente a correr por entre as arvores, Bassad acordava finalmente o Bearur que meio sem noção percebia por um milagre que tinha um arqueiro fugindo e tratou de segui-lo como uma criatura voltada a natureza e suas habilidades únicas alcançara o  arqueiro o segurando firme mesmo seu inimigo tentando inutilmente se desvincilhar do abraço forte do urso, percebeu que a luta tinha acabado para ele, mas mesmo assim o arqueiro estava preparado para se sacrificar em nome de seu Deus.

Ele gritou por ajuda, tinha algo em mente até o momento arriscava usar de todos os meios para se safar do bando invasor. Outono continuava se alimentando e sua parceira continuava dormindo na grama macia frente a casa, sem pensar muito ambos a deixaram sozinha com um cão concentrado em apenas se alimentar.

OFF: Teste pericia para interrogação contra o arqueiro.
-Difícil (CD15)
-Desafiador (CD 20)
-Formidável (CD 25)

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sab Maio 09, 2015 3:26 pm

Kss fitou o arqueiro aprisionado, já não podia atear fogo nele sem ferir Bearus, mas talvez pudesse tentar um interrogatório mais producente.

O estudioso apanhou sua adaga e começou a descrever como faria uma cirurgia ali mesmo no sujeito, para retirar seu saco estomacal e o figado, deixando-o ainda vivo, abandonado, com um cantil, permitindo que seu sofrimento durasse entre 2 e 3 dias antes de alcançar a verdadeira morte.

OFF: 20!Shocked Eu obtive um vinte ! o/
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Bahamut em Dom Maio 10, 2015 11:34 pm

Nada como sobreviver a uma briga de facas no escuro para começar bem o dia. Aquele maldito szzaazita era bom, tinha que admitir, não que isso contasse pra muita coisa agora que era um corpo no chão.

Após beber uma poção de cura como que para recuperar o fôlego, Trent rapidamente pegou as flechas que certamente deveriam estar envenenadas e colocou na sua própria aljava. Depois disso aproveitou a escuridão e que a batalha parecia estar ao longe para sair, por trás e pelo lado onde não tinha sinais de combate, furtivamente para não ser visto e logo correndo quando não havia a menor chance disso acontecer, como se tivesse visto um inimigo fugindo e o estivesse perseguindo. Acreditava que aquele grupo poderia acabar se matando em sua desorganização e era melhor ter certeza de nenhum envolvimento do velho nisso, por isso iria até a cidade. Iria alerta e preparado, não é como se ele tivesse um estoque infinito de poções. Abandonar os outros não tinha sido muito legal, mas eles precisavam se mostrar com um pouco mais de inteligência para não entrar naquela mansão sem se prepararem melhor. Além disso sabia que era muito provável que aqueles inimigos se matassem antes de dizer qualquer coisa, como era comum nos seguidores daquele deus.
avatar
Bahamut
Jogador
Jogador

Mensagens : 30
Data de inscrição : 09/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Bastet em Ter Maio 19, 2015 12:30 pm

Ameaçado por kss e seguro pelo urso o arqueiro não tinha mais alternativa quando escutou a ameaça do Kss pela segunda vez ele começou a falar tudo que sabia
-Maldito urso me solte, não sei o que querem aqui, e muito menos sei o  que acontece dentro da mansão, sou apenas um mercenário contratado para fazer a segurança do lugar... Não é permitido a nossa entrada na mansão...  O arqueiro continuava a sacudir para se livrar, logo percebeu que não conseguiria escapar facilmente e continuou a falar -Não sabemos quem vive na mansão ou o que acontece lá, nosso pagamento é deixado em um dia determinado na Pousada Macaco caolho empanado o mesmo é entregue por um minotauro de poucas palavras chamado Eddie ele apenas deixa nosso pagamento e vai embora sem dar nenhuma palavra...Novamente o arqueiro tentava se soltar, queria se ver livre do urso e fugir.

Trent por sua vez após se curar se esgueirava pela casa e saia de forma furtiva pela floresta afim de chegar a cidade queria mais informações sobre o que estava realmente acontecendo na Mansão e se o seu suposto contratante não estaria envolvido com tudo aquilo, quem sabe não seria uma armadilha planejada contra grupos de aventureiros.

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Heilel em Ter Maio 19, 2015 3:52 pm

Cansado de tanto esperar, Outono decide lamber suas bolas. Os cães haviam puxado esse hábito aos lobos, afinal de contas.

O grande lobo ensaliva as bolotas com esmero, lambendo e relambendo e sentindo prazer com o gosto salgado em sua língua. Lambeu-lhas de cima para baixo e de baixo para cima, a sensação de frescor quando uma brisa soprou fez o ato valer a pena.

_________________
Chega um tempo em que a operação da máquina torna-se tão odiosa, faz tão mal ao coração, que você não pode fazer parte disso. É impossível pensar em fazer parte disso. Então, é preciso jogar seus corpos contra as engrenagens, contra os mecanismos, contra as manivelas, contra todo o aparato. E é preciso fazê-lo parar.
Mario Savio

avatar
Heilel
Moderador
Moderador

Mensagens : 501
Data de inscrição : 08/03/2015
Idade : 22
Localização : Dentro de você.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Ter Maio 19, 2015 4:11 pm

- Obrigado, agradeceu Kss antes de descer seguidos e fortes golpes com o cabo de sua faca, até ter a certeza de que o homem estava inconsciente.

- Simples mercenários falando Drakar e usando o simbolo do Deus-Serpente, faça-me o favor. Lacertos deve estar decepcionado com você.

Kss fez sinal para que Bearur se afastasse e em seguida o ajudasse a levar a pessoa de volta ao resto do grupo. No caminho, averiguaram o estado de Lisanthus, coisa que Bearur deveria já estar preocupado e então a despertaram com uma injeção de adrenalina que estava com Bassad.

Reunindo-se todos ali, exceto por Trent, que parecia ter desaparecido como água no Deserto da Perdição, o alquimista tratou de desnudar o homem enquanto explicava:

- Retornemos a tal estalagem do Macaco Caolho Empanado. Alguns de nos vão trajar-se com as roupas deles que eu não queimei. Esperaremos o tal Eddie como se fossemos nossos próprios assassinos.

- Se eu não fosse tão cético, seria capaz de apostar que se o velho não está conduzindo isso tudo mais algum rival possa estar. O malandro aqui estava indo buscar reforços. Eles atuam com mais alguém
, concluiu o acadêmico.

Após, de forma sinistra, Kss vai até os corpos desnudos e abre-lhes as barrigas procurando algo. De lá ele tenta extrair para o seu uso seus sacos estomacais repletos de ácido clorídrico que podem ser usados para fabricar bombas simples com um pouco de alumínio.

O esfolador também aproveita para retirar o saco do fígado dos cultistas-talvez-mercenários, ali havia veneno para matar um homem adulto em minutos.

Por último, ele se vira para o cadáver do caçador invisível, Este será meu, posso fazer muita coisa com isto, diz. E trata de tentar esconder o corpo para depois.

Concluído, aguardava os outros para voltar a cidade e darem inicio ao plano para capturar e interrogar o tal minotauro Eddie.
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por O RPGISTA em Qua Maio 20, 2015 9:34 am

Bearur não podia falar naquela forma então deixou que Kss fizesse o trabalho de interrogar o arqueiro, fez o que ele pediu mesmo odiando receber ordens, após perceber que estava tudo bem se dirigiu até Lisanthus, tomou sua forma humana novamente e se ajoelhou segurou a cabeça dela com uma das mãos e com uma de suas garras curtas a machucou levemente para que despertasse de imediato.

-Essa não é minha luta.

Bearur levantou e caminhou a passos pesados e parou em frente a Kss.

-Você é imprudente, queimou as arvores, eu não tenho interesse de andar com um ser como você, você é um risco. Minhas cicatrizes são pela Mãe Natureza e não por cobiça.

Bearur tirou uma de suas poções de cura que carregava entre as veste e entregou a Lisanthus.

-Nossa união termina aqui.

Bearur caminha em direção a mata, sem rumo.
avatar
O RPGISTA
Administrador
Administrador

Mensagens : 231
Data de inscrição : 20/02/2015
Idade : 30
Localização : Hellcife

http://orpgista.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qua Maio 20, 2015 12:48 pm

O RPGISTA escreveu:(...)Bearur levantou e caminhou a passos pesados e parou em frente a Kss.

-Você é imprudente, queimou as arvores, eu não tenho interesse de andar com um ser como você, você é um risco. Minhas cicatrizes são pela Mãe Natureza e não por cobiça.(...)

Kss deixou seu oficio por um instante, voltando-se para ouvir o druida. Ele prestou atenção e no fim estranhou as informações. "Queimei as árvores?", em seguida virou-se para os pontos em que havia lutado contra os arqueiros.

Apenas grama e os corpos queimavam.

Ele olhou para o druida sem noção e sabia de cara que o ermitão apenas queria uma desculpa a toa para se afastar daquele bando de gente da chamada "civilização", por isso mentia tolamente.

Não se importou, ele foi útil.

O alquimista deu de ombros e retornou a sua ocupação.

Eles precisavam ver quem se disfarçaria e depois dirigir-se a tal estalagem apanhar o tal minotauro. Todavia, deveria apanhar Trent e dar-lhe um puxão de orelhas, para aprender a não abandonar o grupo assim.
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Heilel em Qua Maio 20, 2015 1:48 pm

Lisianthus desperta. As coisas demoram um pouco para fazer sentido, mas logo compreende. A batalha havia terminado e ela estivera inconsciente a maior parte do tempo, e agora Bearur se despedia. "O que ele está dizendo?"

- Seu estúpido... Também não é minha luta. - Ela levantou-se, desprendeu os cabelos e chacoalhou a cabeça para se livrar dos fiapos de grama, como um leão chacoalhando sua juba. Tomou a poção das mãos de Bearur e a bebeu rapidamente, secando a boca com as costas da mão e encaixando um virote de Matéria Vermelha na besta.

Apontou-a na direção do alquimista e sorriu de malícia.
- Por que apenas não o matamos? - Indagou a Bearur, que já se retirava. Ela não devia lealdade a Kss, e se Kss não pretendia invadir a mansão para apanhar a caixa então não haveria qualquer serventia nele.

Sentindo a hostilidade de Lisianthus, o lobo Outono se adiantou rodeando o alquimista e mostrando as presas. Atacariam a qualquer momento.

_________________
Chega um tempo em que a operação da máquina torna-se tão odiosa, faz tão mal ao coração, que você não pode fazer parte disso. É impossível pensar em fazer parte disso. Então, é preciso jogar seus corpos contra as engrenagens, contra os mecanismos, contra as manivelas, contra todo o aparato. E é preciso fazê-lo parar.
Mario Savio

avatar
Heilel
Moderador
Moderador

Mensagens : 501
Data de inscrição : 08/03/2015
Idade : 22
Localização : Dentro de você.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qua Maio 20, 2015 5:25 pm

Bearur ia embora, mas o acadêmico continuava com os planos para resolver a trama que findara com tantos grupos de aventureiros.

Kss terminava de apanhar uma muda de roupa de um dos cadáveres dos arqueiros enquanto Lisianthus resmungava alguma coisa doida e o lobo seguia as ordens de sua mestra; Outono não era amigo dela, seu companheiro animal? Bem, se enganara, não sabia que era apena suam fera adestrada. Ele não ligou.

Assim que apanhou os panos ele os jogou aos pés da druida, que talvez estivesse sofrendo de algum efeito colateral combinado da adrenalina com o do veneno.

- Vejam se o tamanho lhes serve. Andem, senão Trend pode arrumar problemas para si, disse.

Então, o alquimista parou por um mero segundo, chegando a uma realização, falou a druida:

- Lisianthus, sei que está super excitada, deve ser por causa da injeção de adrenalina que usamos para te despertar, mas seria muito útil para nós se tu fosses rastrear e trazer Trent de volta para que ele possa participar do plano. Vamos precisar dele.

- Por favor, alcance-o,
concluiu, voltando a ajudar os outros com os trajes.

Desprevenido, o alquimista não tem como se defender e recebe um ataque covarde e insano pelas costas de quem ele acabara de salvar. Kss morreria com toda certeza daquela traição se não fosse ajudado.
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Heilel em Qua Maio 20, 2015 8:13 pm

A druida solta um risinho de satisfação, não esperava que Kss fugisse ao duelo. Na concepção dela, isto sim se definiria como covardia. Ou talvez fosse apenas um tolo movido por um sentimento de companheirismo que não era recíproco.

- Você não entendeu, não é? Não tomarei parte nisso, fui contratada para pegar a caixa, é para isso que vim até aqui. - Ela era imprudente, mas não burra. Bearur deixara o grupo, e os outros pareciam mais interessados em distorcer o real objetivo da missão no plano de Kss. Sabia que seria muito perigoso fazer o assalto à mansão sozinha, então o mais provável é que fosse embora levando a metade do pagamento que já possuía.

- Pouco importa quem são os contratantes dos emboscadores, ou você... - Ela olhou Kss de cima a baixo, até que não era um homem de se jogar fora. Eles lutaram lado a lado, e um protegeu ao outro, a dívida estava pagava. - Mas você magoou o ursinho, então deve morrer. - Estas últimas palavras estavam impregnadas com maldade e sadismo.

As pupilas dela se afinaram, como as de um felino, e os olhos assumiram um tom âmbar. Suas presas também cresceram, anunciando o que talvez os outros não soubessem: Ela não era humana.

- Lute pela sua vida, Alquimista! - Dito isso, ela ordena o lobo ao ataque e conjura uma magia em si própria, Pele de Árvore. E em seguida faz com que a vegetação da área cresça e se contorça para enredá-lo. Se Kss não reagisse, o mais provável é que fosse feito em pedaços.

0FF:
A narradora já deve estar ciente, mas posso usar pele de árvore (CA+3) sem gastar PM.

Também estou gastando 1 PA para realizar uma ação adicional. Neste caso, conjurar Constrição (que também não gasta PM).

_________________
Chega um tempo em que a operação da máquina torna-se tão odiosa, faz tão mal ao coração, que você não pode fazer parte disso. É impossível pensar em fazer parte disso. Então, é preciso jogar seus corpos contra as engrenagens, contra os mecanismos, contra as manivelas, contra todo o aparato. E é preciso fazê-lo parar.
Mario Savio

avatar
Heilel
Moderador
Moderador

Mensagens : 501
Data de inscrição : 08/03/2015
Idade : 22
Localização : Dentro de você.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Qua Maio 20, 2015 8:22 pm

Lutar entre si, matar-se, Kss não tomaria parte naquela insânia. O alquimista apenas fita a traidora nos olhos, sem recuar ou se esconder, enquanto ela atacava a quem devia a própria vida. Ele cruza os braços em posição de monotonia enquanto a traidora se preparava para atacar seu aliado indefeso de forma covarde; do jeito que o Deus Serpente aprovaria.

Bem verdade que um izzaíta sempre traía, mas eles nunca cometiam atos burros. O deus deles era o deus da astúcia e inteligencia, manipulador e cruel. Talvez, manter alguém dentro do grupo de aventureiros seria uma forma de garantir que o plano dos cultistas funcionasse: Lisianthus uma traidora? Pela forma como ela ficou em segurança, fora de combate muito rápido e se afastando antes da luta começar fazia sentido.

Kss apenas esperou para receber os ataques, esperando que seus companheiros interpusessem a insana que queria traí-los e depois fugir com o dinheiro.

OFF Defesa total apenas.
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Bastet em Qua Maio 20, 2015 8:36 pm

Aventura cancelada.

Bastet
Narrador
Narrador

Mensagens : 701
Data de inscrição : 08/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Sex Maio 22, 2015 12:37 am

O lobo vegetal atacou de todas as formas que pode, mas não era páreo para a experiência de combate de Kss. Como antes, em que quase se lançará de forma suicida nas chamas, ele agia por instinto, errando todos os ataques.

Amaretsu que via a insânia da druida mal podia acreditar, e se interpôs. Como ela poderia juntar as moedas para retornar para casa com alguém que agia de forma tão traiçoeira?, perguntou-se enquanto apontava a arma para a druida dos monstros, afim de contê-la.

Bassad também não cria na traição, mas precisava para-lá assim mesmo. A qareen agiu. Sua voz ecoando pelo campo semidestruído pelas armas do alquimista, enquanto rodopiava e as suas castanholas ressoavam: uma canção de fogo e terror, de penúria e castigo, arriscando evocar a tona os medos obscuros do inimigo.

Em momentos Lisianthus e seu lobo vegetal Outono foram cercados pela melodia.

A druida estava sozinha agora, era uma menina, largada na floresta, sem a proteção de ninguém, a árvore de sua mãe derrubada e morta, seu pai desaparecido.

A druida de Megalokk sentiu medo, sentiu medo e entrou em pânico.

Largando a besta com a seta no engate, a druida monstruosa por dentro fugia com medo e terror da habilidade da odalisca. Não demorou nem meio segundo, Outono estava atrás dela, ganindo em puro pavor. O que ele teria sentido ou visto?

A vitória era de Bassad. Em agradecimento, Kss fez-lhe um aceno positivo, com um sorriso, o primeiro que já tinham visto o alquimista fazer.

Amaretsu aproximou e aperto o ombro da colega, balançando-a gentilmente, como sempre fazia com seus companheiros de tropa.

Lisianthus tinha poder, isso era verdade. Mas uma verdade ainda maior era que a natureza sempre favorece o mais hábito, não o mais forte. A druida aprenderá uma dura lição ao ser derrotada pela qareen, e jamais poderia se esquecer disso.

Kss caminhou pelo campo, apanhou uma das flechas, obviamente envenenado. Ele pensou sobre seus companheiros e armadilha que acabaram de escapar. Falou para os dois que lhe restavam:

Kss: - Nós temos de ir atrás de Trent. Isso está muito longe de terminar.

FIM DO PROLOGO

Seleção Natural:

Off: Tomando o controle da aventura.

A partir de agora sou o novo mestre, com a permissão da antiga narradora.

Seguimos de onde havíamos parado.


Última edição por Necromancer Ignaltus em Dom Jun 07, 2015 3:54 am, editado 3 vez(es)
avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por O RPGISTA em Sex Maio 22, 2015 8:29 am

Posso colocar de volta? Eu gostaria de mudar de personagem tb pra se adequar mais a campanha.
avatar
O RPGISTA
Administrador
Administrador

Mensagens : 231
Data de inscrição : 20/02/2015
Idade : 30
Localização : Hellcife

http://orpgista.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Necromancer Ignaltus em Dom Jun 07, 2015 3:57 am

Off: Por favor.

Total itens Lisianthus = 1 besta carregada com 1 seta de matéria vermelha.

AMARETSU= 900 xp +100 por recusar-se em atacar um aliado, mesmo traída;
APHEGA KSS "NOX HIDROX", O VAGALUME = 900 xp + 100 por recusar-se em atacar um aliado, mesmo traído;
BASSAD= 900 xp +100 por recusar-se em atacar um aliado, mesmo traída;
BEARUR= abandonou o grupo;
LISIANTHUS = -100 por trair aliados e ir de contra a interpretação da sua personagem que já tinha apresentado e por o lado pessoal contra a narradora a frente do bom censo, prejudicando intencionalmente a mesa;
TRENT DARKCLOACK = abandonou o grupo.

avatar
Necromancer Ignaltus
Moderador
Moderador

Mensagens : 591
Data de inscrição : 11/03/2015
Idade : 36
Localização : Araguaína - TO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: HERANÇA MALDITA

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum